GRANDES FILÓSOFOS EM 11 FILMES


Cinema e filosofia certamente caminham de mãos dadas!

Confira 11 filmes que mostram um pouco da vida de grandes nomes da Filosofia.


11 filmes que retratam a vida de grandes filósofos


No dia 16 de agosto comemora-se o Dia do Filósofo. E foi pensando nisso que, a Revista QB fez um lista com vários filmes sobre pensadores que se destacaram ao longo dos anos.


Mas afinal, o que é ser filósofo?


Podemos considerar que são estudiosos de problemas fundamentais relacionados à existência, aos valores morais e estéticos. São os questionadores de dogmas, da mente e da linguagem humana. Geralmente, essas pessoas são movidas pela curiosidade e levantam grandes indagações que reflete em mudanças sociais, religiosas, políticas e existenciais.


Ficou curioso para saber mais sobre esses ícones da Filosofia? Então confira a lista!


Sócrates

Foi um filósofo ateniense do período clássico da Grécia Antiga. É reconhecido como um dos fundadores da filosofia ocidental. Seus primeiros estudos e pensamentos discorrem sobre a essência da natureza e da alma humana.

O filme mostra o final da vida de Sócrates (470 – 399 a.C.), seu julgamento e sua condenação à morte, além de célebres diálogos socráticos, como ‘Apologia’, ‘Críton’ e ‘Fédon’.


Quando Nietzsche chorou

O filósofo alemão é tido como um dos mais influentes e importantes pensadores modernos do século XIX. Suas obras pautavam-se em críticas à cultura, religião e a filosofia ocidentais. Ele ainda defendia a liberdade de qualquer tipo de controle cultural e moral.


O filme conta a história de um encontro fictício entre Friedrich Nietzsche e o médico Josef Breuer. Nietzsche é ainda um filósofo desconhecido, pobre e com tendências suicidas. Em busca de tratamento para a depressão, a consulta vira uma verdadeira aula de psicanalise. Os dois terão que mergulhar em si próprios, em um processo de auto-conhecimento.


Extra: Uma boa oportunidade para conhecer alguns episódios importantes sobre a vida do filósofo e sobre sua filosofia, o filme “Além do bem e do mal” retrata Roma de fins do século XIX e a intensa relação entre Nietzsche, Paul Rée e Lou Andreas-Salomé, outros pensadores influentes.


Hannah Arendt

Alemã de origem judaica, Hannah Arendt (1906 – 1975) foi uma filósofa-política do século XX. Ela defendia o conceito de pluralismo, liberdade e igualdade no âmbito político.


O filme aborda o julgamento de Adolf Eichmann, um colaborador de Hitler e coordenador dos campos de concentração. Hannah Arendt acompanhou o julgamento e escreveu uma série de artigos sobre o caso. No entanto, as publicações e o conceito de “banalidade do mal” defendidos por ela provocam uma série de controvérsias sobre os envolvidos nos crimes de guerra.


Amantes do café Flore – Simone de Beauvoir e Sartre

O filme, baseado em fatos reais, aborda a vida e a relação amorosa ente a escritora Simone de Beauvoir e Jean-Paul Sartre, um teórico existencialista. Trata-se de uma boa oportunidade para conhecer essas personalidades com seus dilemas, angústias e desconstruções cotidianas, além de poder compreender o momento histórico do filme.


Espinosa – O Apóstolo da Razão

Espinosa tinha uma visão à frente de seu tempo. Ele foi um importante filósofo renascentista e racionalista que viveu no século XVII. Confrontou os princípios das instituições Judaico-Cristã que ditavam a moral e as tradições na sociedade.

O filme é de 1994 e aborda a vida e as idéias do filósofo que desafiou a igreja e propôs a separação entre religião e filosofia.


Cartesio – René Descartes

“Penso, logo existo”. Com certeza você já ouviu essa frase, criado pelo filósofo e matemático francês, Descartes. Ele foi o fundador do pensamento cartesiano, sistema que deu origem à Filosofia Moderna.


No filme contém trechos inteiros de algumas das obras fundamentais do pensador, que visa a autonomia do pensamento racional diante da fé. Naquela época, todo esforço racionalista tinha de ser negociado com as autoridades religiosas. Diante disso, a trama mostra como Descartes precisa provar que a razão é sustentável por si só.


Extra: O filme Ex isto é inspirado na obra “Catatau” de Paulo Leminski. O poeta imagina uma hipótese histórica: “E se René Descartes tivesse vindo para o Brasil com Maurício de Nassau?”, que nos possibilita acompanhar o “pai” da filosofia moderna em sua passagem pelos trópicos.


A batalha pelo Império – Confúcio

Confúcio foi um pensador e filósofo chinês. Suas ideias salientaram a moralidade