QUAL O IMPACTO DA MEDITAÇÃO NAS SUAS AÇÕES?



TEMA: Meditadores tem uma consciência mais elevada de suas intenções nas ações?

Título do artigo original em inglês: Do meditators have higher awareness of their intentions to act?


Autores: Jo HG, Hinterberger T, Wittmann M, et al. (2015) Link para o original em inglês :

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0010945215000179


Resumo:


Um movimento voluntário é aquele que ao se iniciar é necessário que haja uma intenção na realização do movimento sem a necessidade de um estímulo externo. A geração desse movimento voluntário está fortemente relacionada com o estado interno do indivíduo. Com isso, o estímulo para a realização do movimento pode ser um impulso interno ou simplesmente acontece e pode ser descrito como um movimento pré-conceitual da mente, ou seja, um movimento consciente. Esse estudo investigou como os processos internos influenciam na iniciação do movimento e contribuem no movimento voluntário, comparando 20 meditadores e 20 não meditadores.


Para isso foram realizadas uma tarefa padrão onde os sujeitos simplesmente apertassem o botão e na segunda (tarefa introspectiva), apertariam apenas quando percebessem a necessidade de apertar o botão, ou seja, dos processos internos da tomada de decisão. Foram avaliados o tempo na realização dos movimentos assim como a análise eletroencefalográfica topográfica para medir o potencial de prontidão. Os meditadores apresentaram um consistente potencial de prontidão entre as duas tarefas relacionadas à intenção subjetiva e o gradiente prévio ao potencial de prontidão.


Conclusão:


Meditadores avançados tem a capacidade de perceber o exato momento em que existe uma intenção de movimento e com isso pode ter maior antecipação para uma melhor tomada de decisão, enquanto que o não-meditador não consegue perceber essa intenção prévia ao movimento, com isso, ocorre um movimento voluntário sem um controle cognitivo.


Tradução: Marcelo França - Grupo Mente Aberta- Centro Brasileiro de Mindfulness para promoção da saúde


Repost: http://www.mindfulnessbrasil.com



deixe seu comentário abaixo